CAPÍTULO XXIX – O IMPERADOR

 

Em caminho, encontramos o Imperador, que vinha da Escola de Medicina. O ônibus em que íamos parou, como todos os veículos; os passageiros desceram à rua e tiraram o chapéu, até que o coche imperial passasse. Quando tornei ao meu lugar, trazia uma idéia fantástica, a idéia de ir ter com o Imperador, contar-lhe tudo e pedir-lhe a intervenção. Não confiaria esta idéia a Capitu. Sua Majestade pedindo, mamãe cede, pensei comigo.

Vi então o Imperador escutando-me, refletindo e acabando por dizer que sim, que iria falar a minha mãe; eu beijava-lhe a mão, com lágrimas. E logo me achei em casa, à esperar, até que ouvi os batedores e o piquete de cavalaria; é o Imperador! é o Imperador! toda a gente chegava às janelas para vê-lo passar, mas não passava, o coche parava à nossa porta, o Imperador apeava-se e entrava. Grande alvoroço na vizinhança: O Imperador entrou em casa de D. Glória! Que será? Que não será? A nossa família saía a recebê-lo; minha mãe era a primeira que lhe beijava a mão. Então o Imperador, todo risonho, sem entrar na sala ou entrando, — não me lembra bem, os sonhos são muita vez confusos, — pedia a minha mãe que me não fizesse padre, — e ela, lisonjeada e obediente, prometia que não.

— A Medicina, — por que lhe não manda ensinar Medicina?

— Uma vez que é do agrado de Vossa Majestade…

— Mande ensinar-lhe Medicina; é uma bonita carreira, e nós temos aqui bonsprofessores. Nunca foi à nossa Escola? É uma bela Escola. Já temos médicos de primeira ordem, que podem ombrear com os melhores de outras terras. A

Medicina é uma grande ciência; basta só isto de dar a saúde aos outros, conhecer as moléstias, combatê-las, vencê-1as… A senhora mesma há de ter visto milagres. Seu marido morreu, mas a doença era fatal, e ele não tinha cuidado emsi… É uma bonita carreira; mande-o para a nossa Escola. Faça isso por mim, sim? Você quer, Bentinho?

— Mamãe querendo…

— Quero, meu filho. Sua Majestade manda.

Então o Imperador dava outra vez a mão a beijar, e saía, acompanhado de todos nós, a rua cheia de gente, as janelas atopetadas, um silêncio de assombro; o Imperador entrava no coche, inclinava-se e fazia um gesto de adeus, dizendo ainda: A Medicina, a nossa Escola. E o coche partia entre invejas e agradecimentos.

Tudo isso vi e ouvi. Não, a imaginação de Ariosto não é mais fértil que a das crianças e dos namorados, nem a visão do impossível precisa mais que de um recanto de ônibus. Consolei-me por instantes, digamos minutos, até destruir-se o plano e voltar-me para as caras sem sonhos dos meus companheiros.

ao_alienista_caricatura

Recomendamos para você:

 

Just Go #JustGo

Despacito Remix – Luis Fonsi Feat. Justin Bieber, Daddy Yankee

Top 10 – Poemas

LETRAS DE MÚSICAS – SONG LYRICS

Despacito Remix – Tradução em Português – Luis Fonsi Feat. Justin Bieber, Daddy Yankee

Amor é fogo que arde sem se ver – Luís Vaz de Camões

Amor é fogo que arde sem se ver – Luís Vaz de Camões

O Navio Negreiro – Castro Alves

O Navio Negreiro – Castro Alves

Canção do exílio – Gonçalves Dias

Canção do exílio – Gonçalves Dias

Canção do exílio – Gonçalves Dias

Prédios mais altos do mundo

As festas populares em Santa Catarina

As festas populares no estado de São Paulo

As festas populares no estado do Paraná

As festas populares do estado de Mato Grosso do Sul

As atividades econômicas no estado de Santa Catarina

As atividades econômicas do estado de São Paulo

As atividades econômicas do Mato Grosso do Sul

As atividades econômicas do estado do Paraná

Clima e relevo no estado de Santa Catarina

O relevo do estado de São Paulo

Relevo do estado de Mato Grosso do Sul

Clima e relevo do estado do Paraná

Biblia Sagrada – João Ferreira de Almeida

BÍBLIA ONLINE

O Diário de Anne Frank

Aruba

Os imigrantes no estado de Santa Catarina no século XX

Os imigrantes e o trabalho assalariado no século XIX em São Paulo

Os imigrantes no século XIX e XX no estado do Paraná

Biomas brasileiros

Poesia

Poemas

Poetry

Sanderlei Silveira

Sanderlei Silveira

OLHOS DE RESSACA

História em 1 Minuto

Jane Austen

Paraná – Conheça seu Estado (História e Geografia)

Song Lyrics – Letras Música – Tradução em Português

Snow Birds – Louis Honoré Fréchette

Migos

Cronologia da Terra

Economia em 1 Minuto

by Sanderlei Silveira –  http://sanderlei.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s